Oferta bilionária do HGLG e movimentações de FoFs

Resumo da semana

MGFF

Convocação para a quarta oferta do fundo. 300 MM BRL, mínimo de 50 MM BRL.

Quarta emissão do fundo, mirando captar 300 MM BRL (mínimo de 50 MM BRL). Direito de 0.69

Preço 101 + 3.95% = 104.98 BRL/cota.

HGLG

Estão convocando uma AGE para aprovar a sexta oferta do fundo. Valor alvo de 1.4 BI BRL, valor mínimo de 100 MM BRL.

Fundo deve dobrar de tamanho.

Ficamos no aguardo do pipeline e do cap rate alvo.

Parece que HGLG quer comprar ativos do Klein, clique aqui

Depois do rateio de 5% na última oferta, vamos ver como que fica nessa oferta bilionária.

HFOF

Zerou posição no HGLG e reduziu no SDIL por já terem subido muito e ter dividend yield abaixo do fundo que eles acabaram de criar: HLOG

GGRC

Incêndio ocorreu na propriedade da Copobras, não

BPFF

Zeraram HGPO, lembrando que XP recomendou recentemente a compra. Eu gosto e tenho conforto com o HGPO.

Reduziram SPTW, XPML e JRDM.

Aumentaram HGCR, VISC, HGBS e XPLG.

HGPO

Aluguel médio continua subindo, houve ganho pontual por resolver algumas pendências judiciais.

HGFF

Alocaram 30 MM BRL no mês de setembro, contra 13 MM BRL no mês de abril. Ainda falta 150 MM BRL para alocar. Comentaram que há muitas ofertas de FIIs que gostam, o que entendo que pode acelerar um pouco a alocação do dinheiro.

Não comentaram sobre prazo para completar a alocação dos recursos.

Destaques de alocação de setembro foram UBSR, XPLG, HGBS e BRCR.

EDFO

Houve renovação do contrato de locação com a Ourinvest por mais cinco anos. Deu carência para uns andares e haverá impacto negativo em 2019. Em 2020, após a carência, distribuição mensal sobe 10.25%.

KFOF

Quer captar 215 MM BRL em sua segunda oferta (possui 146 MM BRL atualmente), direito de preferência deve ser 1.47

Preço de emissão será 110.87 BRL/cota (valor patrimonial das cotas) + 1.3% de custos = 112.31 BRL/cota.

O volume mínimo será de 1 MM BRL

Lote adicional de +20% (43 MM BRL).

VISC

Gestora adquiriu shopping Iguatemi em Florianópolis a um cap rate de 8.2%, boa aquisição.

VLOL

Já estão fechando contrato de locação com a área que era da LBS (não falaram preço).

RBGS

Vacância caiu, vendas boas. Shopping Sulacap está bem.

CVBI

Fez uma estratégia semelhante ao KNHY: quebrou o mesmo CRI em várias séries para não bater o limite máximo de 10% do patrimônio.

Colocando tudo junto, CRI de loteamento em Goiás com 28% do patrimônio do fundo (IGPM + 9.2%) e Shopping Raposo com 32% do fundo (IPCA + 6.5%)

 SADI

Comprou 2 CRIs: 10 MM BRL no CRI MRV (CDI + 0.7%) e 10 MM BRL no CRI Iguatemi (CDI + 0.3%).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.